Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

O CASO DA "VAGINA" DE CARLOS QUEIROZ

ACHEI ESTE ARTIGO UMA PÉROLA DE VERDADE E GOSTARIA DE O PARTILHAR CONVOSCO! ORA LEIAM COM ATENÇÃO: " Naquela maldita manhã Queiroz embirrou que era a vagina da mãe do Director do ADoP que precisava urgentemente de análises e não a urina dos seus "meninos". Aconselhou os técnicos a irem recolhê-las "desamparando a loja". Os meninos são sensíveis e poderiam ficar traumatizados ao fazerem o chichi a hora tão madrugadora. Queiroz quis "defender o grupo de trabalho". Até porque toda a gente sabe que quem faz urina para um copo àquela hora acaba eliminado pela Espanha. É de La Palisse. A FPF ignorou a "vagina" durante toda a campanha do Mundial. Nada daquilo acontecera. Vagina Tabu. Zero de vagina. Houve o caso Nani. Houve o caso Deco. Mas vagina nem sombras. Até que... acabámos mesmo eliminados pela Espanha. Para alguns cedo. Para outros, tarde. Para a FPF a altura ideal para despachar o homem da vagina. Esperem lá...não foi este senhor que mandou analisar a "c.... da mãe" do senhor da Adop? Que vergonha. "Inaceitável". Rua com ele. Como é que nos fomos esquecer de uma vagina deste tamanho? Gente graúda do futebol apareceu a testemunhar em defesa de Queiroz. Sir Alex em pessoa veio atestar que nunca viu uma vagina sair da boca de Queiroz fosse em que circunstância fosse. He´s vagina free. "Niente" de vagina. Nem quando tinha bigode farfalhudo. Um gentleman. Outros defenderam que "fariam o mesmo " - e que "é linguagem do futebol". Embora não esteja muito bem a ver o que é que a vagina da mãe de Luis Horta tenha a ver com futebol. E provavelmente não estariam também estes senhores do futebol se a "vagina" em causa fosse a da mãe deles, digo eu. Houvesse coragem e Carlos Queiroz teria sido demitido. Como seria qualquer funcionário de um qualquer órgão ou instituição que se preze ao comportar-se daquela forma. Não foi. Estava um Mundial à porta e valores mais altos do que a "vagina" se levantaram. E o caso vagina surgiu assim aquando da necessidade de despachar Queiroz sem lhe pagar. Pareceu à FPF uma boa oportunidade de expulsar Queiroz pela "vagina", salvo seja. Não contou o órgão (federativo e não a vagina) com a solidariedade dos influentes que reduziram publicamente um insulto gratuito a um autêntico tratado de boas maneiras. Conversa de gajos da bola. Malta porreira que pode dizer o que quer nos termos que quiser à pessoa que entender sem sofrer consequências. Agora, exposta ao ridículo, a FPF acentuou a triste figura e a falta de coragem em que caiu multando em mil euros o seleccionador e impedindo-o de durante um mês mandar alguém ir fazer analises à passarinha seja de quem for, ou seja, de treinar. Não deu para o despachar desta forma, tenta-se de outra. Já está em curso. Triste futebol o nosso. Triste FPF. "
publicado por ALMEIDA, ESTRELA DE PEDRA às 13:34

link do post | comentar | favorito
|

Almeida no Coração

Arquivo do Blog

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Links

Onde está quem nos visita

O Tempo em Almeida

Weather Forecast | Weather Maps

ULTIMAS DE PORTUGAL E DO MUNDO

Em Almeida são agora: