Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

UM TEXTO DO JORNALISTA JOÃO PEREIRA COUTINHO! DÁ QUE PENSAR!

"Não tenho filhos e tremo só de pensar. Os exemplos que vejo em volta não aconselham temeridades. Hordas de amigos constituem as respectivas proles e, apesar da benesse, não levam vidas descansadas. Pelo contrário: estão invariavelmente mergulhados numa angústia e numa ansiedade de contornos particularmente patológicos. Percebo porquê. Há cem ou duzentos anos, a vida dependia do berço, da posição social e da fortuna familiar. Hoje, não. A criança nasce, não numa família mas numa pista de atletismo, com as barreiras da praxe: jardim-escola aos três, natação aos quatro, lições de piano aos cinco, escola aos seis, e um exército de professores, explicadores, educadores e psicólogos, como se a criança fosse um potro de competição.

Eis a ideologia criminosa que se instalou definitivamente nas sociedades modernas: a vida não é para ser vivida - mas construída com sucessos pessoais e profissionais, uns atrás dos outros, em progressão geométrica para o infinito. É preciso o emprego de sonho, a casa de sonho, o maridinho de sonho, os amigos de sonho, as férias de sonho, os restaurantes de sonho.

Não admira que, até 2020, um terço da população mundial esteja a mamar forte no Prozac. É a velha história da cenoura e do burro: quanto mais temos, mais queremos. Quanto mais queremos, mais desesperamos. A meritocracia gera uma insatisfação insaciável que acabará por arrasar o mais leve traço de humanidade. O que não deixa de ser uma lástima.

Se as pessoas voltassem a ler os clássicos, sobretudo Montaigne, saberiam que o fim último da vida não é a excelência, mas sim a felicidade!
"

Tags:
publicado por ALMEIDA, ESTRELA DE PEDRA às 14:44

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Manuel Norberto Baptista Forte a 31 de Maio de 2008 às 11:52
"DÁ QUE PENSAR!" e muito face à quase farsa que representa o nosso quotidiano.
Permitam-me destacar o 2º parágrafo, que acho notável de lucidez e objectividade.
Repetia-me há uns dias um amigo numa amena conversa de fim de tarde algo que muitos sabem, alguns fingem que ignoram, e outros ignoram mesmo (já estão "apanhados"); o stress e a depressão vão ser as doenças "...deste Século...".
A não haver uma inversão de mentalidade e de política, esta sociedade consumista que vivemos em Portugal, copiando constantemente "modelos", as pessoas dando autênticas cambalhotas à rectaguarda para alcançarem o seu objectivo, a pressa quando a seguir nada se tem a fazer, e muitos mais exemplos, espelham bem que as pessoas estão ... menos bem. Prozac, só!? E a quantidade de anti-depressivos que já são consumidos em Portugal!?. Passem por um Hospital (Consulta Externa de Psicologia Clínica, e Psiquiatria, por ex.), e constatem a faixa etária dos seus utentes. Não são só, ou mais Reformados e Idosos que lá se vêm; pelo contrário ...
De monica a 19 de Junho de 2008 às 05:17
Ainda bem que a vida não depende nem do berço nem da fortuna pessoal mas do desempenho que as pessoas demonstrem, ainda que a realidade nos dê, infelizmente, provas de que nem sempre é assim. Mas temos que nos agarrar aos exemplos em que de facto o que venceu foi o mérito.
Também não tenho filhos e não gostava de criar, os que tiver, como potros de competição mas como pessoas responsáveis, íntegras e bem formadas e isso não depende dos explicadores, educadores e psicólogos, começa em casa. Quanto à pista de atletismo, se aquelas qualidades estiverem presentes, acredito piamente que é possível conciliar a meritocracia com a humanidade.
E porque é que o jornalista fala em maridinho de sonho e não fala em mulherzinha de sonho visto ele ser homem?!! Os amigos de sonho?! Isso não são amigos são contactos/conhecimentos.
E de tudo o que o senhor diz fica a dúvida: afinal treme por ter crianças porquê? Porque tem medo de ser feliz? Ou porque teme deixar de ser feliz? E porque não ter crianças e ensinar-lhes que o fim último da vida é a felicidade e não a excelência, huummm... Se calhar dá mais trabalho a ser pai do que ser um treinador de potro de competição...

Comentar post

Almeida no Coração

Arquivo do Blog

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Links

Onde está quem nos visita

O Tempo em Almeida

Weather Forecast | Weather Maps

ULTIMAS DE PORTUGAL E DO MUNDO

Em Almeida são agora: